Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Ir em baixo

Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Poseidon em Qua 28 Set 2011, 7:38 pm

Reclamação de Filhos

Apresente-se aqui,fale sobre a sua história,sobre você e etc...

Assim que escreverem os Deuses Olimpianos leram e o que gostar de você e achar que você tem haver com ele,te reclamara como filho.
Tenham criatividade não escrevam poucas linhas,e evitem post que não tem sentido algum,pois podera ocorrer de não ser reclamado por nenhum Deus.

Atenciosamente a Admistração.
avatar
Poseidon
Admin

Mensagens : 58
Data de inscrição : 28/09/2011
Localização : Olimpo

Ficha Meio-Sangue
Vida::
99999/99999  (99999/99999)
Energia::
99999/99999  (99999/99999)
Arsenal::

Ver perfil do usuário http://rpgolimpusbr.umforum.net

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Marc E. Stewart em Sab 08 Out 2011, 1:09 pm

Nome:Marc E. Hyeras.
Idade:17 anos.
História:Meu nome é Marc nasci e fui criado em Toronto no bairro mais chique que lá tinha,sempre fui criado de acordo com as normas de casa e da escola sempre soube que algum dia iriam me jogar em um colégio interno,bem tinha acertado ao 11 anos de idade eles vinheram com um papel até meu quarto,mais já estava ligado no que iria acontecer eu era problemático de mais para ficar ali junto com eles, uma familia quase perfeita,não ligava para aquilo já estava tentando fugir daquela familia louca a muito tempo sabia que eles não eram meus pais verdadeiros,sempre soube que eu era especial.
Então no dia em que me levaram de limousine para o colégio simplismente pulei pela janela do carro e me cortei todo,com minha bolsa e meus pés e minhas mãos sangrando sai em busca de uma nova vida aonde eu fosse realmente especial até que encontrei um Satíro que me falou sobre o acampamento e resolvi ir e desde aquele dia estou aqui...
Personalidade:Muito alegre as vezes,ambicioso,inteligente,sempre sou o líder em tudo o que faço,,companheiro,mistérioso,calmo e não gosto de pessoas ridiculas que fazem muita besteira e se acha o tal.
avatar
Marc E. Stewart

Mensagens : 12
Data de inscrição : 08/10/2011

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Hector C. Tompson em Dom 09 Out 2011, 3:14 pm

Nome:Lucca S. Evans.
Idade:17 anos.
Personalidade:Inteligente,ambicioso,esnobe,mistérioso as vezes,antipatico com as pessoas que eu não se agrado,alegre,esportivoe engraçado.
História:Meu nome é Lucca tenho 17 anos nasci em New York,no bairro mais chique existia por lá.Lá eu era o alvo das fofocas das mulheres eu era estranho no ponto de vista para elas só porque eu fazia coisas diferentes do normal,eu sempre me achei diferente é claro sempre fui dava para notar no meu modo de penar de falar de agir,mesmo assim não ligava para o que ele diziam minha opinião era a que valia,tambem sabia que aquele não era meu verdadeiro lar eu sempre fui mais bonito que todos de lá de casa e tambem o mais ambicioso e inteligente.Sabia que meu lugar não era ali estava pronto para tentar algo novo parar de bater nos alunos que estudavam na mesma escola que eu deveria agora mudar de vida fugir de lá o mais rapido possivel.
Fugi de lá de madrugada todos dormiam o silencio que sempre quis por lá apareceu tinha que ser rapido sair de lá sem niguem perceber seria facil mais precisava tomar cuidado com os empregados pois eles poderiam estragar tudo.Consegui fugir andei a pé uns dez quilometros até encontrar um homem que me disse ser um Sátiro acreditei nele depois de ver seus pés de bode,ele me falou sobre o acampamento e gostei parecia ser um bom lugar então resolvo ir e desde então me encontro aqui..
avatar
Hector C. Tompson

Mensagens : 8
Data de inscrição : 09/10/2011

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Dyanna Marie Kendall em Seg 10 Out 2011, 12:57 pm

Nome: Dyanna Marie Kendall
Idade: 15 anos
História:
As luzes das principais avenidas de Washington D. C. se acenderam ao pôr-do-sol. Era o momento perfeito para a cidade mostrar sua verdadeira beleza. Assim que as ruas se apinharam de veículos,como motos e carros,várias pessoas começaram a circular pelas atrações que a cidade dispunha. E então,eu percebi que era chegada a hora de matar algum monstro que não merecia viver. Na verdade, a maioria dos monstros são merecem viver,contudo se eles não existissem,acho que a vida como meio-sangue não seria nada divertida. Minha vida se resumia apenas à sobrevivência, já que desde muito nova morava na rua. Ainda me lembro quando meus avós alegavam que não podiam mais cuidar de mim já que minha mãe havia morrido no parto. Sinceramente, eles não fizeram falta em minha vida. Sorte minha que aprendi a me virar na rua. Após uma senhora pagar uma água para mim em um dos muitos restaurantes que ficavam nas calçadas,agradeci a ela gentilmente e senti um odor esquisito em seguida. Quando me virei na direção do cheiro,percebi uma mulher andando apressadamente por entre as pessoas. Curiosa como era,deduzi imediatamente que era um monstro. E talvez fosse até um fácil de enfrentar justamente por ela estar fugindo de mim. Bom, era fato que nem todos os monstros eram fáceis de matar. Eles se defendiam mais da morte do que qualquer outra coisa.Assim, me vi correndo atrás de uma empousa. Antes de mais nada, se não está acostumado a ver uma mulher branca como giz, com cabelos vermelhos como fogo e olhos da mesma cor,correr com uma perna humana de bronze e a outra parecida com um casco de burro,acredite: elas são muito rápidas quando querem.
A noite caira na cidade como em um passe de mágica e reconheci a empousa que procurava assim que a vi entrando em um beco. Pisquei os olhos,percebendo tarde demais que aquilo era uma armadilha. Minha espada já esta erguida e quando ela veio correndo em minha direção, vi seus olhos avermelhados e dentes afiados. Um arrepio percorreu minha espinha e a espada não pode ser parada assim que ela passou pelos braços do monstro.
A empousai sibilou algo para mim e eu pude perceber que ela queria me matar. Bom,quando se corre perigo constantemente,as vezes você até sente falta de ser perseguido. Por outro lado, era até um alívio ver que ninguém estava ocupado procurando por sua sombra. Quando me dei conta,já estava ao chão. Tinha certeza que ela havia me empurrado,mas com a queda não ouvi o baque de meu corpo naquela viela escura. Pode culpar meu TDAH,se quiser. Ele é total culpado por eu ter esses lapsos de memória. E logo em uma luta! Eu não deveria ter um pingo de normalidade,de fato.
Meus ouvidos captaram o seu riso quando me levantei e parti para cima dela, pela segunda vez. Será que ela acreditava que eu não conseguia acabar com um monstro facilmente? Caramba, isso que era tirar uma com a minha cara. Talvez ela se esqueceu que estava em uma luta ou estava ocupada demais rindo de mim,mas apenas sei que a espada finalmente atingiu seu corpo e ela se virou espantada para mim,se transformando em uma fumaça escura de pó.


|||



Assim que a espada foi limpada, sai tranquilamente do beco pensando que ninguém tinha visto aquela pequena luta. Sim,meus pensamentos positivos não poderiam ser melhores quando um garoto se postou diante de mim alegando que eu era especial. Seu rosto era de um adolescente normal,se não fosse pela sua expressão de desespero. Será que alguém da famíla dele havia morrido e o coitado me confudira com uma parente sua?
-Own,alto lá! Pare de me arrastar! –Antes que eu começasse a soltar algumas palavras nada bonitas,o garoto segurou meu braço e me puxou para um café do outro lado da rua. Ele andava engraçado,como se estivesse com um problema na perna ou coisa parecida. E só para terminar, ainda estava com uma muleta no outro braço. Nunca pensei que uma pessoa alejada pudesse andar tão rápido. Ouvi o sino do estabelecimento tocar anunciando a nova entrada de clientes,mas isso e todas as coisas de minha vida pareceram sumir quando ele se sentou à minha frente em um dos muitos bancos que estava por ali e anunciou minha primeira entrada à esse mundo de deuses e monstros.
-Olhe,eu sei o que você fez naquele beco. – ele me disse e eu empalideci. Será que ele sabia da empousa? Uma frase mais tarde vi que a morte do monstro era o menor de meus problemas.– Sei que já ouvi falar de mitologia grega e todas essas coisas,certo? Bom,você é uma meio-sangue,filha de um deus olimpiano e uma mortal.
-Você está brincando comigo,não? -Pisquei os olhos confusa e cruzei os braços sobre a mesa. As imagens que eu vira na biblioteca municipal começaram a jorar em minha mente como água. O rapaz começou novamente a me puxar dali e em questão de minutos, estávamos saindo de Washington. Ainda estava pensando em que resposta ele daria quando senti seus olhos grandes em cima de mim,decidido a me falar um segredo muito grande.
-Não,filha de deus. E preciso levar você para o único lugar que lhe é seguro. O Acampamento Meio-Sangue.
avatar
Dyanna Marie Kendall

Mensagens : 5
Data de inscrição : 06/10/2011

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Ashley T. Smoken em Ter 11 Out 2011, 7:02 pm

Nome:Ashley T. Smoken.
Idade:17 anos.
Personalidade:Inteligente,ambiciosa,carismatica,elegante,persuasiva,alegre,temperamental as vezes.
História: Meu nome é Ashley tenho 17 anos nasci em New York,em um dos melhores e mais silenciosos bairros que existia,aquela época não era tão gloriosa como hoje ,eu acesso a algumas coisas não era permitido tinha que viver rodeado por guarda costas ao chegar na escola,alguns poderiam achar que eu não estava me divertindo com aquilo mais no fundo estava fazer oque ver todos me olharem ao passar pela porta da escola rodeada de guardas era muito estranho,sempre fui perfeita obedecia raramente as ordens da familia nunca aceitei um não como resposta,deve ter sido por este motivo de ter sido mandada duas vezes para um colégio interno mais sempre conseguia sair de lá,algo dentro de mim me mostrava o caminho,nunca fui de brigar só quando necessario ou quando não tinha nada para fazer.Sempre criativa,e muito ativa sempre amei a natureza e estudar só que de vez em quando eu era misteriosa.
Um dia quase fui presa junto com as minhas amigas por causa de um show que fomos que era em um local proibido na hora a policia chegou por sorte conseguimos fujir.Já fazia tempos que sabia que eu tinha sido adotada é obvio aquilo não era parecida com ele e nenhum aspecto fisico eu tinha de igual a eles é claro eu era linda comparado a eles sabia que tinha sido deixada na porta da casa aonde eu morava quando eu apenas tinha 5 meses de vida é quando se descobre algo assim a pessoas não é mais a mesma.Um dia estava pronta para fugir de lá daquela vida normal de sempre pela janela já tinha arrumado tudo e estava pronta para fugir até que me viro e vejo uma mulher metade mulher metade bode aquilo era estranho mais escuto o que ele tinha para falar ele fala que eu era especial e tambem fala sobre o acampamento,acho uma boa ideia fugir para lá seria bom mudar de vida ao extremo e comoeçar em um lugar novo e pessoas diferentes e foi assim que vim para aqui.
avatar
Ashley T. Smoken

Mensagens : 4
Data de inscrição : 11/10/2011

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Ryan T. Pallace em Sex 14 Out 2011, 5:47 pm

Nome:Ryan T. Pallace.
Idade:17 anos.
História:Meu nome é Ryan tenho 17 anos,nasci no Canadá em um dos bairros mais chiques que poderia se encontrar por lá,é era uma vida de rei eu ganhava tudo que queria fazia o que bem entendia,sempre me achei o maximo é ser esnobe já estava no meu sangue fazer o que se eu era muito lindo e inteligente.
Nunca intendi o motivo da minha diferença das outras crianças na mesma idade que eu,eu sempre fui mais calado sempre distante dos outros sempre misterioso diferente de todos,gostava de brigar e de fazer os outros sentirem medo de mim sempre fui melhor que todos,nunca tive pena nunca gostei de assistir filmes romanticos,infantis,comedia ou de aventura quando na Tv passava isso mudava de canal.
Minha familia dizia que eu era muito mal pois brigava demais com os garotos ,fazer o que sempre tive genes muito fortes.Um dia estava caminhando pela rua sozinho a meia noite havia me perdido dos outros alunos é claro sempre andei por ultimo não gostava das companhias daqueles alunos eles não me entendiam não me achavam muito estranho,sempre fui estratégico e fazia coisas estranhas acontecerem mais não ligava sabia que iria sair de lá logo logo já tinha um plano em mente iria fugir de lá assim que pudesse mais de preferencia de noite,aquele era o dia tinha me perdido da turma aquela seria a hora perfeita de sair de lá daquele lugar patético.Andei cada vez mais rápido tentando sair logo de lá mais algo me dizia que era para procurar um homem com uma camisa listrada e calças jeans pretas pois eu estava correndo perigo ali sozinho,aquela voz sempre foi familiar então resolvo seguir o seu comando olho em volta e encontro o cara ele estava encostado na parede,mastigando um chiclete vou até lá não sabia que depois daquilo teriamos problemas muito grandes para chegar no Acampamento.
Fomos andando eu e o homem de camisa colorida que começa a falar sobre uma Acampamento aonde pessoas filhas de deuses mais mortais iam para aprender a controlar seus poderes,estava tudo bem até chegarmos perto do acampamento até que encontramos um monstro que não parecia está feliz naquele momento,poderia dizer que eu tambem não estava tão feliz lutamos por alguns minutos não sabia como tinhamos ganhado por mais estranho o possivel tinha a matado comuma foice que até antes daquele dia não sabia nem que existia mais parecia que eu já tinha usado aquele instrumento antes mais tanto faz como tanto fez tinhamos ganhado aquela luta e depois dai entramos no campamento,e desde aquele dia me encontro aqui no Acampamento...
avatar
Ryan T. Pallace

Mensagens : 2
Data de inscrição : 14/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Taylor V. Kennedy em Sab 15 Out 2011, 6:15 pm

Nome:Taylor V. Kennedy.
Idade:17 anos.
Personalidade:Atlética,alegre,ambiciosa,extrovertida,sempre esnobe,as vezes muito superficial,amo a natureza e animais.
História:Mue nome é Taylor nasci em uma familia de classe media pelo que me contavam todas as vezes que eu perguntava mais tudo aquilo parecia mentira não sabia o por que daquilo mais não acreditava na palavra deles,fazer o que eu era linda comparada a eles sempre fui esnobe e eles tão meigo e amaveis uns com os outros.Vivia no mundo da Lua na escola conversava demais na sala e sempre eu era o centro das atenções ao chegar na escola,é claro eu ela linda demais pra não ser notada,meu estilo era diferente melhor do que qualquer outro da escola sempre amei os animais e a natureza,assim como amava minha beleza,vivia se encrencando brigava sem motivo apenas por alguem tocar em mim é claro meu genes fortes me fazia ser assim elétrica nunca perder uma briga tem uma aparencia perfeita,uma voz perfeita não tinha oque dizer de ruim de mim além do fato de que eu as vezes era violenta,mais isso não importava de qualquer modo a minha opinião era a que valia mais.
Amigos, varios, eu era muito conhecida na escola por todos mais sempre andei em um grupo só de garotas não me lembro ao certo o nome do grupo pois fazia tempos não se viamos mais sei muito bem o que nós aprontavamos com os outros,eramos um bando de patricinhas mimadas que gostavam de "brincar" um pouco com os outros alunos.Mais tudo aquilo não fazia sentido não sabia o porque mais aquele não era o meu lugar.
Um dia estava andando indo para casa até que trombo com um garoto que me puxa para o lado e começa a falar comigo como se fossemos amigos há muito tempo,ele fala sobre o Acampamento e sobre as coisa que existiam lá e resolvo ir com ele para lá e desde então estou aqui mostrando do que sou capaz no Acampamento.
avatar
Taylor V. Kennedy

Mensagens : 2
Data de inscrição : 15/10/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Raven Marie Ludivic em Seg 17 Out 2011, 7:26 pm

Nome:Raven Marie Ludivic
Idade:15 anos
História:Nasci no Oregon, em uma casa simples e encantadora. Minha mãe era uma mulher gentil, inteligente e de personalidade forte. Ela jamais precisou de ajuda para cuidar de mim, apesar das dificuldades que tínhamos, por causa de minha personalidade quieta e reservada, conseguiamos nos entender bem. Quando completei 10 anos, ela foi diagnosticada com leucemia e não viveu muito tempo mais. Fui expulsa de mais de uma escola por ano e não tenho parentes vivos pelo que sei. Não foi uma coisa fácil deixar a cidade em que nasci, mas todos lá me conheciam e me mandariam, sem pestanejar, para algum internato de freiras ridículo. Fugi dos Assistentes Socias e comecei a viver sozinha, mas não exatamente nas ruas. O dinheiro que ela deixara comigo, em espécie, era suficiente para cruzar o país sem problemas. E foi isso que fiz. Com 12 anos, entrei no Hotel Cassino Lotus, e só saí de lá muito tempo depois. Nunca vira o mar. Pode parecer estranho, mas minha mãe sempre me dizia que tinha medo de me levar para uma praia e meu pai reclamar sua parte de mim. Nunca entendi direito, mas me dirigi para a Califórnia. Perto de nossa casa, um Haras muito famoso, de quem minha mãe era uma das donas, era praticamente minha segunda casa. Muitas vezes entendia melhor aos cavalos que as pessoas. Quando cheguei na Califórnia, entendi que sempre deveria ter estado ali, no mar. Passei as melhores semanas de minha vida ali, ao lado do mar. Entendia agora o medo de minha mãe, embora não completamente. Entendia que meu pai fora um marinheiro, e talvez viesse daí minha paixão pela água, mas não entendia seu medo de que meu pai reclamasse sua parte de mim. Quando completei 14 anos, fui encontrada pelo primeiro sátiro, que tentou me levar para o acampamento, mas fugi dele. Só agora, quando os monstros que sempre me perseguiram se tornaram fortes de mais para combater sem treinamente adequado, é que procurei o acampamento.
avatar
Raven Marie Ludivic

Mensagens : 14
Data de inscrição : 17/10/2011
Idade : 22
Localização : Se te interessasse, você já saberia

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Angeline Dellacler em Sab 05 Nov 2011, 11:21 pm

Nome: Angeline Dellacler
Idade: 14 anos
História: Bem meu nome é Angeline Dellacler ou como as pessoas em chamam Angel, tenho 14 anos e moro em Nova York, mais precisamente no Upper East Side. Sou do tipo anti-social, não que eu não goste das pessoas, mas é que as vezes elas me irritam com tantas manias e regras.
Não vou dizer que não tenho manias porque tenho e muitas ainda, mas isto definitivamente não vem ao caso. Sou extremamente orgulhosa e não tenho vergonha de admitir isto, odeio sair por baixo de alguma discussão e sim eu sou vingativa e um pouco rancorosa antes que me pergunte.
Nunca conheci meus pais biológicos, já que fui abandonada na porta da casa de um casal quando tinha apenas alguns meses de vida, comigo veio apenas uma carta contendo uma única frase "Cuidem bem dela" e o meu nome e estranhamente eu tinha o mesmo sobrenome do casal, perguntei isto a eles inúmeras vezes mas nunca obtive nenhuma resposta.
Admito que não sou uma pessoa fácil de se lidar, irônica, cínica, muito manipuladora e teimosa, sou arrogante e fria como o gelo, meio gótica. Tenho um lado doce e educado também, animada, leal, confiável e amiga com quem gosto e/ou respeito. Sei admitir quando perco ou quando estou errada, mas isto não quer dizer que eu assuma e muito menos que goste disso. Não me importo muito com as consequências de meus atos, sou impulsiva e odeio me sentir presa, amo estar em contato com a natureza e com o ar livre.
Amo muito ler e desenhar, assim como correr e praticar atividades que envolvam velocidade e equilíbrio. Gosto de coisas emocionantes e radicais.
Descobri ser meio-sangue em um dia qualquer, estava saindo da escola quando um monstro me atacou. Teria virado comida dele se um Sátiro não tivesse me salvado da criatura, no começo não acreditei no que ele falou e até pensei que ele fosse louco. Minha opinião só mudou quando ele tirou as calças e o tênis, depois de ter quase tido um AVC e ter surtado legal arrumei minhas coisas, expliquei para meus pais adotivos a situação, algo bem fácil já que meu "pai" via através da Névoa, e segui juntamente com o Sátiro para o tal acampamento.
avatar
Angeline Dellacler

Mensagens : 2
Data de inscrição : 05/11/2011
Idade : 21

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Selene Williams em Qua 09 Nov 2011, 3:58 pm

Nome: Selene Williams

Idade: 16 anos

Personalidade: Inteligente, tímida, gentil, e paciente, Selene é uma garota meiga e pacífica, que gosta de estar em contato com a natureza. É um pouco introvertida e por isso tem dificuldade de fazer amigos, mas quando as pessoas a conhecem melhor, vê que ela é uma pessoa de bom coração e a melhor amiga que poderia desejar.

História: Selene nasceu Long Island, New York, filha de pai solteira. Seu pai é gentil e bom, e sempre a tratou com muito amor, apesar das dificuldades de se criar uma filha sozinho e ainda essa filha ser problemática. Ela tinha Dislexia e Transtorno do Déficit de Atenção, e dificilmente tirava notas boas, o que a fazia ser expulsa de todas as escolas em que estudou. Apesar de todos os problemas Sel se tornou uma garota inteligente e gentil, e todos que a conhecia se encantava com a garota. Sua casa era grande e aconchegante, com um enorme quintal e um jardim fabuloso, que ela se encarregara de cuidar pessoalmente, pois tinha um talento natural para isso.
Descobriu que era uma meio-sangue quando estava no riacho de uma densa floresta a poucos metros dos limites do terreno. Selene caminhava tranquilamente, colhendo flores e colocando-as na cesta que trazia consigo quando um monstro a atacou. Ela tentou correr, mas acabou tropeçando em uma raiz e quando o monstro já estava pronto para atacar, foi alvejado por flechas vindas do nada e se transformou em pó. Assustada, ela fica paralisada no chão até ver um garoto que aparentava ser da sua idade lhe estendia a mão. Aceitou a ajuda e se levantou sem acreditar no que vira. O garoto então lhe explicou tudo: quem ele era, o que era um meio-sangue, e que ele e um sátiro que acabara ficando pra trás (não aguentara correr atrás do monstro) vieram recrutá-la para o Acampamento Meio-Sangue. Ela assentiu, achando que aquele cara era louco, mas o convidou para ir até sua casa. Ao chegar, seu pai confirmou tudo que lhe disseram era verdade. E assim passou a frequentar o Acampamento.
avatar
Selene Williams

Mensagens : 3
Data de inscrição : 09/11/2011
Idade : 23
Localização : Pra quê? Vai me sequestrar?

Ficha Meio-Sangue
Vida::
100/100  (100/100)
Energia::
100/100  (100/100)
Arsenal::

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Selena S. Tüchetto em Qui 17 Nov 2011, 12:53 pm

Nome: Selena Condolleza Soph Makenzie Malkovich Stifler Türchetto

Idade:15 anos

História:Era uma tarde calma de verão em Nova York, a noite caía e uma joven de seus 22 anos se arrumava pra sair, olhando para uma foto de um rapaz, certamente mais velho que ela, em cima da escrivaninha, enquanto se maquiáva, escutando Rock and Roll,ela escuta batidas na porta enquanto terminava de passar o batom vermelho sangue.

-Sophiaaa... O rapaz vai cançar de te esperar sabia? - Uma voz meio velha ecoava pelo quarto agora com o som já mudo.

-Já vou Vovó - A garota saía pelo quarto a fora com salto alto, longos cabelos loiros um sorriso cativante, um vestido prateado e nos lábios agora apenas um baton cor da pele, pois batava aqueles olhos verdes para destacá-la na multidão.

A garota saiu andando pela rua, até pegar um táxi.

-Restaurante na rua...-Ela entregou o papel pro motorista estava ansiosa demais pra falar.

Algumas quadras depois o taxi parou, ela desceu e ele a esperava, eles tinham se conhecido a 2 meses e ela ficou perdidamente apaixonada por ele, depois de um jantar em um caro restaurante ele foram pra um lugar mais intimo, ma manhã seguinte ela acordou sozinha, assustada, e com um bilhete.

"Querida Sophia

Ah! Como te amo tantoe não vou te esquecer... Mas precisei partir, espero te ver em breve ou talvez não... Beijos..."

Ela chorou como chorou, estava sozinha, apaixonada iludida, queria matá-lo, mas queria se entregar nos braços dele, ela estava confusa e dois meses depois veio a bomba, "ELA ESTAVA GRÁVIDA" o desespero tomou conta de si, ela tentou ligar pro escritório aonde ele possivelmente trabalhava, e foram mais dois meses de angustias, quando a barriga já estava aparecendo ela recebeu um carta, a caligrafia era dele, com certeza, caligrafia culta, perfeita, ela leu cada detalhe, onde ele contava que ficara sabendo da gravidez, contara tudo, toda a verdade,o quanto a menininha estava em perigo, mas como ele sabia que era uma garota? Talevz pressentimento de pai, incrédula a mulher rasgou a carta e botou fogo , ela criaria a menina como uma criança comun, mesmo acreditando severamente nos riscos.

Anos mais tarde ...

-Filha... Cuidado por favor,mamãe já disse - Amulher implorava a garotinha com agora cinco aninhos de idade.

-NÃO! -Um grito severo e infantil partiu da menina que já bufava de raiva.

Asluzes piscavam as tomadas soltavam pequenas faíscas, a mãe ficou realmente assustada mas continuou olhando para filha.

-Que tal um sorvete? - Ela ofereceu esboçando um sorriso.

-Ta legal - A menina aceitou e de repente tudo voltou ao normal.

Anos depois ...

Selena já estava com 11 anos de idade, completaria 12 na semana seguinte, a mãe terminava de ajeitar os cabelos da filha que iria pra sua 7 escola em 5 anos, só naquele ano era asegunda escola, as coisas estavam fugindo um pouco do controle.

-Tente se manter na escola pelo menos esse ano e o outro minha filha eu sei que é complicada mas tente - A mãe terminava de dizer e a filha só bufava.

Elas escutaram um baque na porta e depois algumas batidas, um garoto entrou e ambas sorriram.

-Oi Matheuh - A mulher sorria enquanto a filha saía com o amigo.

-Sua mãe tem razão você deveria se manter mais nessa escola.

-Nunca mandei você mudar de escola comigo, faz isso nos umtimos 3 anos.

-Somos amigos não? Então... Mudei por sua causa.

Barulhos de raios e trovões são escutadose ums chuva leve como uma brisa começa a cair, Selena para pra amarrar o sapato e escuta vozs vindas de um beco.

-Ela ainda está nova demais não posso levá-la agora, dê-me um ano ou dois e ela estará pronta - A voz de Matheuh foi ouvida.

-Não adianta, ´agora ou não precisa de voltar a Colina meio sangue e .. - A voz foi interrompida por uma pessoa que entrava no beco.

-Vc ta falando com quem? - A voz da garota ecoava no beco, o garoto deu um passo atrás deixando-a ver, ela tomou um susto e a voz tinha um dono, um rosto pelo que se via, que esboçou um sorriso e desapareceu dizendo um sonoro "Não passe de hoje"

-Topa matar aula? - O agroto perguntou sorrindo e olhando a menina.

-Claro, mas minha mãe ...

-Mandamos um carta quando chegarmos pra onde vamos, passaremos o verão inteiro lá sua mãe irá nos entender.

Eles correram pra estação de trem mais próxima, pegaram um trem pra uma direção qualquer e foram, já era tarde da noite quando o trem foi balançado os dois acordaram, o agroto olhou pra fora, arruamando o boné em sua cabeça.

-Lord Hades... - Ele sussurrou baixinho esquanto uma nuvem ngra cobria o trem. - Vamos sair, já estamos chegando.

Eles saíram correndo do trem a nuvem de fumaça veio atrás eles estraram em uma plantação de milho que estava entre eles e uma colina, eles se sentaram no meio da platação de milho já exaustos.

-Criaaanças.... Criançiiinhas, meus amores,Tia Eme quer ver vocês. - Uma voz feminina ecoava enquanto eles escutavm-na paralisados.

-Pelos deuses do Olimpo, Medusa - O garoto se levantou deixando o tênis sair e dando pra garota ver seu "pé" direito.

-Você não é humano, vo...vo...vo....você é um sátiro - Ela olhava assuatda pra ele.

-Agora você sabe qua as aulas de Grego Antigo, sobre os deuses e tudo mais não é baboseira não é? Vamos. - Ele a puxou até saírem do milharal.

-Crianças achei vocês - Já o meio da colina Medusa conseguiu pega a garota, pelo pé o sátiro já lá em cima corria pra tentar ajudá-la.

-Vá Math me deixa aqui - A garota pedia.

-Não posso - Osátiro olhava a cena perplexo de medo.

-Joga alguma coisa pra mim - A garota pediu enquanto Medusa tampou sua boca

O Sátiro jogou uma espada, Selena agiu rápido e em um ovimento certeiro cortou a cabeça da Medusa que rolou colina a baixo

Matheuh ajudou Selena e ambos subiram colina a cima até passar pelo pinheiro, raios rasgavam o céu e o dia já não estava tão escuro mas a lua ainda estava no céu.

-Bem Vinda ao acampamento Meiio-Sangue senhorita Selena, venha, o chalé 11 lhe espera. - Ela acompanhou a criatura meio cavalo meio homem enquanto Matheuh só sorria e ela já podia ver várias crianças e jovens por ali com camisetas laranjas escrito "Acampamento Meio-Sangue"
avatar
Selena S. Tüchetto

Mensagens : 2
Data de inscrição : 17/11/2011

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Mégare Felisa Arkell em Sab 19 Maio 2012, 10:56 am

Nome: Mégare Felisa Arkell
Idade: 18 Anos
História: Nascida na Grécia,na cidade Atenas,sempre chamei atenção por onde ela passava.Estudava pela manhã em uma das melhores escolas da Grécia,era líder de torcida e presidente do conselho estudantil,porem deixei o cargo do conselho para meu sucessor,pois comecei a passar por pequenos problemas em casa.Era bastante popular,por ser líder de torcida,e também por que era a menina mais linda da escola,sendo eleita a Rainha do baile por diversas vezes;Todos os garotos me paqueravam,mas eu não dava atenção a quase nenhum,apenas uns poucos me interessavam.A tarde,depois da escola,eu fazia aula de arco e flecha durante uma hora,e de manuseio com chicote por meia hora,e depois ia pra casa.Cuidava da minha irmã menor,um bebê,que ficava com a babá ate eu chegar,se bem que eu era mais mãe da minha irmã do que minha própria mãe.Ela nunca nós deu muita atenção,diferente de meu pai,que nos dava toda a atenção do mundo.Era bastante apegada com ele,que fazia tudo o que eu queria,eu diria que ele me mimou bastante;Nosso apego era bastante visível,quando saíamos juntos,eu,ele e minha irmãzinha (minha mãe não fazia programas familiares),todos olhavam e achavam admirável a amizade entre pai e filha,pois eramos muito amigos.Ele vive me dizendo que sou linda como minha mãe,mas eu já havia prestado atenção que não parecia nenhum pouco com ela,que era loira e de olhos escuros,já eu era morena de olhos azuis.Até que um dia faziamos compras em um mercado,eu,meu pai e a pequena Klymene,minha irmãzinha,e ao saírmos,fomos abordados por um homem,que disse que tinha sido enviado para me levar para o Acampamento Meio Sangue;Olhei para meu pai,que parecia nervoso,e começou a me explicar:disse que eu era uma meio sangue,filha dele com uma deusa,e que por isso minha mãe não gostava muito de mim,pois ele havia traído ela,e eu nasci dessa traição;Olhei meu pai,e não sabia o que dizer,ele passou a mãe no meu rosto,e disse:
-Vá querida,tem que ir para o Acampamento,lá você estará protegida e será bem cuidada.....
Ele disse,e olhou para o homem que aguardava,que assentiu que sim com a cabeça:
-E não se esqueça do que eu sempre lhe disse,você é linda,mas guerreira......
Ele disse,me dando um beijo na testa e passando a mão em meu rosto,enxugando uma lágrima;Olhei para minha irmãzinha,e lhe dei um beijo,sussurrei para ela ''Te amo,voltarei para vê-la'',fui até o carro,peguei minha bolsa,e olhei para trás,vendo meu pai e minha irmã,dei um tchau para eles e segui com o homem para o acampamento Meio-Sangue.
avatar
Mégare Felisa Arkell

Mensagens : 2
Data de inscrição : 18/05/2012
Idade : 26

Ver perfil do usuário

Voltar ao Topo Ir em baixo

Re: Conheça Seu Pai/Mãe Olimpiano

Mensagem por Conteúdo patrocinado


Conteúdo patrocinado


Voltar ao Topo Ir em baixo

Voltar ao Topo

- Tópicos similares

 
Permissão deste fórum:
Você não pode responder aos tópicos neste fórum